Projectos

As experiências moldam a nossa identidade

Nos últimos 35 anos, crescemos e temos vindo a proporcionar experiências diferenciadoras

Projeto nº 0333/2014 “Verão com pinta!”

Aproveitamento da época balnear com idas às praias fluviais e piscinas do distrito, dando prioridade às praias acessíveis, de grupos de clientes devidamente acompanhados pelos colaboradores da instituição.

Objectivos:

Para além do usufruto da época balnear, este projeto teve como objetivos:

  • Dar resposta no âmbito da socialização e inclusão social proporcionando vivências e condições adequadas a uma integração social saudável;
  • Criar oportunidades para aplicar e utilizar todas as potencialidades dos clientes através de experiências novas individuais e em grupo numa comunhão entre a aprendizagem e a expressão dos seus interesses;
  • Proporcionar o desenvolvimento das competências pessoais e sociais dos jovens adultos promovendo o seu sentido de responsabilidade;
  • Desenvolver a autonomia do cliente e valorizar o seu papel na sociedade.

Projecto nº 340/2014 “Danças com Tradições”

Criação de um Rancho Folclórico constituído por clientes, colaboradores e voluntários,  sendo  uma verdadeira mais-valia para a instituição, uma vez que a música e a dança ajudam a afinar a sensibilidade dos clientes, aumentando a sua capacidade de concentração. Também desenvolvem a memória, a destreza corporal e são fortes desencadeadores de emoções.

Fazer música e dança, principalmente em grupo, traz a noção da importância da ordem e disciplina, da organização, do respeito ao outro e a si mesmo. Os laços entre os participantes são reforçados num contexto diferente e propício a novas vivências e relações.

Para a constituição do grupo de dança recorreu-se à ajuda de um parceiro na área, o Rancho Folclórico do Refúgio, para orientar na escolha das músicas e danças tradicionais da região e na aquisição do vestuário e calçado próprio. Também beneficiamos de contactos para atuações iniciais como uma das formas de divulgação.

Objectivos:

O projeto pretendeu diversificar a oferta ao cliente, constituindo um rancho folclórico composto por clientes, colaboradores e voluntários, uma atividade que lhes diz muito, pois que a música e a dança são propostas de eleição.  Asseguram ganhos terapêuticos, de desenvolvimento social e afetivo e, neste projeto, de inclusão social através de uma atividade artística, promoveu-se em simultâneo o gosto e valorização das tradições regionais.

Projeto nº 0338/2014 “Um Olhar para a Inclusão”

Adquisição de material fotográfico para a construção de um projeto de inclusão através da fotografia e que permitiu aos clientes:

  • Aprender a fotografar;
  • Sair para o exterior/comunidade/meio envolvente;
  • Ter visões/perspetivas diferentes de ver os objetos/paisagens.

Os clientes tiveram a possibilidade de fotografar em vários locais e contextos diferenciados, permitindo-lhes momentos de concentração e foco no objectivo. Também lhes trouxe um novo modo de “perceber” o mundo que os rodeia e conseguir interpretá-lo de forma muito pessoal.

Esta “maratona” fotográfica culminou na exposição desse trabalho, alargada a toda a comunidade e com convites especiais aos familiares e parceiros da instituição. Também foram “aliciadas” com convites entidades de relevo na comunidade, projetando novos apoios para a continuidade do projeto.

Objectivos:

Realizar um projeto de inclusão através de uma atividade artística – a fotografia. Para isso adquiriu-se equipamento fotográfico para efetivar este projeto, melhorando os serviços prestados ao cliente, pela diversificação das atividades oferecidas.

Projeto nº 0451/2015 “Aventuras e Descobertas”

Aproveitar a época balnear com idas às praias fluviais e piscinas do concelho, de grupos de clientes devidamente acompanhados por colaboradores da instituição.

Objectivos:

  • Dar resposta no âmbito da socialização e inclusão social proporcionando vivências e condições adequadas a uma integração social saudável, valorizando o papel deste jovens na sociedade;
  • Criar oportunidades para aplicar e utilizar todas as potencialidades dos clientes através de experiências novas individuais e em grupo numa comunhão entre a aprendizagem e expressão dos seus interesses;
  • Desenvolver competências pessoais e sociais , promovendo o sentido de responsabilidade.

Projecto nº 0785/2015 “Aventuras sobre rodas”

Aquisição de 10 karts de pedais com circuito insuflável e 6 bicicletas, para oferecer uma atividade diferente aos nossos clientes, promovendo momentos de lazer e diversão e simultaneamente contribuir para vários ganhos inerentes ao manuseamento destes equipamentos, nomeadamente, desenvolvimento psicomotor, coordenação motora, exercício físico, orientação espacial, aquisição de conhecimentos (regras de “condução”), socialização e resistência à frustração (“saber perder”), pois que para além da utilização interna semanal dos Karts, por grupos rotativos de clientes, também serviram para a realização de ações de sensibilização sobre prevenção rodoviária, com a colaboração da GNR do Fundão. As bicicletas destinaram-se a um grupo específico, integrado na atividade motora adaptada.

Objectivos:

  • Promover a realização de ações motoras básicas, desenvolvimento de capacidades físicas gerais tais como a resistência, velocidade, flexibilidade, força e agilidade e também melhorar/manter a condição física na área da atividade motora;
  • Fomentar a atividade física de forma lúdica, o uso dos movimentos expressivos como forma de comunicação e melhorar a coordenação de movimentos; utilizar todas as potencialidades dos clientes;
  • Proporcionar o desenvolvimento das competências pessoais e sociais;
  • Intercâmbio com instituições congéneres da região (distritos de Castelo Branco e Guarda) através da realização de competições/convívios com prémios simbólicos para os vencedores.

Projecto nº 0484/2016 “Mergulhos e Aventuras”

Aproveitar a época balnear com idas às praias fluviais e piscinas do concelho, de grupos de clientes devidamente acompanhados por colaboradores da instituição.

Objectivos: 

  • Promover a inclusão proporcionando vivências para uma integração social saudável, valorizando o papel destes jovens na sociedade;
  • Criar oportunidades para o uso das suas potencialidades através de experiências individuais/grupo tendo em conta a aprendizagem e interesses;
  • Desenvolver competências pessoais e sociais e sentido de responsabilidade.

Projecto nº 0597/2016 “ Encontro dos Músicos Amigos da APPACDM do Fundão”

Implementar a prática de um encontro anual de grupos musicais da região, ficando a iniciativa associada à APPACDM do Fundão, como criadora do evento;

Envolver vários grupos musicais numa comemoração para e com a comunidade, os nossos parceiros, voluntários, colaboradores, clientes e seus familiares.

Objectivos:

  • Promover práticas artísticas para a inclusão, criando oportunidades para o uso das suas potencialidades e tornando-as visíveis para a comunidade;
  • Promover o gosto e valorização das tradições regionais, criando um encontro entre grupos musicais, para troca de experiências/aprendizagens;
  • Estabelecer novas relações inter-grupos e com a comunidade.

Projeto nº 83/2017 “Sol da Beira”

Aproveitar a época balnear com idas às praias fluviais ou piscinas do distrito, de grupos de clientes devidamente acompanhados por colaboradores da instituição.

Objectivos:

  • Promover a inclusão proporcionando vivências para uma integração social saudável, valorizando o papel destes jovens na sociedade;
  • Criar oportunidades para o uso das suas potencialidades através de experiências individuais/grupo tendo em conta a aprendizagem e interesses;

Desenvolver competências pessoais e sociais e sentido de responsabilidade.

Projeto nº 99/2017 “II Encontros dos Músicos Amigos da APPACDM do Fundão”

Atuação de vários grupos de bombos num evento cultural dia 8 de julho para e com a comunidade, os nossos parceiros, voluntários, colaboradores, clientes e seus familiares.

Implementar a prática de um encontro anual de grupos musicais da região, ficando a iniciativa associada à APPACDM do Fundão, como criadora do evento.

Objectivos:

  • Promover práticas artísticas para a inclusão, criando oportunidades para o uso das suas potencialidades e tornando-as visíveis para a comunidade;
  • Promover o gosto e valorização das tradições regionais, criando um encontro entre grupos musicais, para troca de experiências/aprendizagens;
  • Estabelecer novas relações inter-grupos e com a comunidade.

Projeto nº 252/2017 “II Encontros Trimestrais da APPACDM do Fundão”

Participação de várias associações em torneios a realizar nos meses de junho, setembro e novembro na comunidade e envolvendo os nossos parceiros, voluntários, colaboradores, clientes e seus familiares.

Manter a prática de encontros anuais em diferentes modalidades e com participantes de toda a região, ficando a iniciativa associada à APPACDM do Fundão, como organizadora do evento.

Objectivos:

  • Promover práticas desportivas para a inclusão, criando oportunidades para o uso das suas potencialidades e tornando-as visíveis para a comunidade;
  • Promover o gosto e valorização das práticas desportivas para a saúde, mantendo os encontros entre instituições congéneres, para convívio e troca de experiências/aprendizagens;
  • Estabelecer novas relações inter-grupos e com a comunidade.

Projeto nº 253/2018 “Sol do Fundão”

Aproveitar a época balnear com idas às praias fluviais ou piscinas do distrito, de grupos de clientes devidamente acompanhados por colaboradores da instituição.

Objectivos:

  • Promover a inclusão proporcionando vivências para uma integração social saudável, valorizando o papel destes jovens na sociedade;
  • Criar oportunidades para o uso das suas potencialidades através de experiências individuais/grupo tendo em conta a aprendizagem e interesses;
  • Desenvolver competências pessoais e sociais e sentido de responsabilidade.

Projeto nº 318/2018 “III Encontros Trimestrais da APPACDM do Fundão”

Participação de várias associações em torneios a realizar de maio a novembro na comunidade e envolvendo os nossos parceiros, voluntários, colaboradores, clientes e seus familiares.

Introduzir O “Dia do Desafio” baseado num programa de treino de actividades psicomotoras para os clientes que não podem participar nos outros torneios, devido às suas maiores incapacidades.

Manter a prática de encontros anuais em diferentes modalidades e com participantes de toda a região, ficando a iniciativa associada à APPACDM do Fundão, como organizadora do evento.

Objectivos:

  • Promover práticas desportivas para a inclusão, criando oportunidades para o uso das suas potencialidades e tornando-as visíveis para a comunidade;
  • Promover o gosto e valorização das práticas desportivas para a saúde, mantendo os encontros entre instituições congéneres, para convívio e troca de experiências/aprendizagens;
  • Estabelecer novas relações inter-grupos e com a comunidade.

Projeto nº 305/2018 “Click Inovação”

Aquisição de equipamento informático para alargar os serviços prestados, permitindo várias melhorias efetivas: fomentar a utilização lúdica das ferramentas informáticas, a introdução ao uso da internet, desenvolvimento cognitivo/motor através de jogos pedagógicos interativos; utilizar todas as potencialidades dos clientes; proporcionar o desenvolvimento das competências pessoais/sociais.

Objectivos:

Equipar o atelier de informática para o desenvolvimento de competências dos clientes ao nível das tecnologias de informação e comunicação. Os clientes irão beneficiar de sessões orientadas por um elemento da equipa técnica, em horário pré-definido. Serão devidamente monitorizados e avaliados no desempenho das suas tarefas de promoção de competências.

Projeto nº 106/2019 “123 É verão outra vez!”

Aproveitar a época balnear com idas às praias fluviais ou piscinas do distrito, de grupos de clientes devidamente acompanhados por colaboradores da instituição. Pretende-se abranger o máximo de clientes.

Objectivos:

  • Permitir a saída do contexto institucional de clientes cuja grande maioria das famílias não possuem condições sócio-económicas para proporcionarem aos seus filhos/familiares, experiências deste género.
  • Para além de promover o desenvolvimento social e pessoal de cada um, estas vivências permitem o movimentar-se com maior autonomia e maior participação na vida activa do dia-a-dia, num contexto específico.

Projeto nº 313/2019 “Eu sou tu, Tu és luz, Nós somos Yoga”

Equipar a instituição com equipamento de yoga para melhorar os serviços prestados ao nível desta tecnologia. Os clientes irão beneficiar de sessões em horário pré-definido, orientadas por um elemento da equipa técnica com formação específica em “yoga para crianças e adolescentes especiais”, adaptado à nossa população. Os clientes serão devidamente acompanhados e monitorizados para uma intervenção adequada às especificidades individuais de cada um.

Objectivos:

  • O projecto permite o acesso aos clientes, no contexto institucional, de uma tecnologia diferente (Yoga) experiências para a qual a maioria das famílias não possui condições sócio-económicas para proporcionarem aos seus filhos/familiares.
  • Para além de promover o desenvolvimento social e pessoal de cada um, regula as emoções, fomenta hábitos mais saudáveis e traz novos valores aos clientes.

Projecto nº 0115/2020 “Eu gosto é do Verão”

O projecto surge num contexto sócio-cultural e económico com poucas respostas sociais na área da deficiência mental. Consequentemente, as actividades de lazer na época balnear para esta população são as existentes para a população geral, sendo algumas de difícil acesso (por motivos financeiros, de localização, etc.). A instituição permite aos seus clientes aproveitarem da melhor forma os equipamentos existentes, escolhendo previamente alguns no distrito de Castelo Branco.

Objectivos:

  • Promover a inclusão proporcionando vivências para uma integração social saudável, valorizando o papel destes jovens na sociedade;
  • Criar oportunidades para o uso das suas potencialidades através de experiências individuais/grupo tendo em conta a aprendizagem e interesses;
  • Desenvolver competências pessoais e sociais e sentido de responsabilidade;
  • Visibilidade em espaços recreativos/de lazer na comunidade.

Projecto nº 0187/2020 “Cavaleiros Improváveis”

O projecto surge num contexto sócio-cultural e económico com poucas respostas sociais na área da deficiência mental. Consequentemente, as terapias/actividades integrativas para esta população, são escassas e/ou de difícil acesso (por motivos financeiros, de localização, etc.).

Iniciou-se o projecto com um grupo de 7 clientes, escolhidos em conjunto – Equipa Técnica e Treinador de Equitação, e com a autorização dos encarregados de educação. Pretende-se que este grupo evolua de forma a completar as suas necessidades específicas, para se poder avançar com outros participantes.

Objectivos:

O projecto pretende a aquisição de equipamento adequado à actividade para o seu melhor desempenho. Os objectivos da Equitação Terapêutica são psicomotores, mais direccionados para necessidades especificas na área educacional, psicológica, cognitiva, no entanto já estão a ser contemplados progressos no ensino de equitação, pois que os clientes já participam em Torneios.

Projeto nº 0333/2014 “Verão com pinta!”

Aproveitamento da época balnear com idas às praias fluviais e piscinas do distrito, dando prioridade às praias acessíveis, de grupos de clientes devidamente acompanhados pelos colaboradores da instituição.

Objectivos:

Para além do usufruto da época balnear, este projeto teve como objetivos:

  • Dar resposta no âmbito da socialização e inclusão social proporcionando vivências e condições adequadas a uma integração social saudável;
  • Criar oportunidades para aplicar e utilizar todas as potencialidades dos clientes através de experiências novas individuais e em grupo numa comunhão entre a aprendizagem e a expressão dos seus interesses;
  • Proporcionar o desenvolvimento das competências pessoais e sociais dos jovens adultos promovendo o seu sentido de responsabilidade;
  • Desenvolver a autonomia do cliente e valorizar o seu papel na sociedade.

Projecto nº 340/2014 “Danças com Tradições”

Criação de um Rancho Folclórico constituído por clientes, colaboradores e voluntários,  sendo  uma verdadeira mais-valia para a instituição, uma vez que a música e a dança ajudam a afinar a sensibilidade dos clientes, aumentando a sua capacidade de concentração. Também desenvolvem a memória, a destreza corporal e são fortes desencadeadores de emoções.

Fazer música e dança, principalmente em grupo, traz a noção da importância da ordem e disciplina, da organização, do respeito ao outro e a si mesmo. Os laços entre os participantes são reforçados num contexto diferente e propício a novas vivências e relações.

Para a constituição do grupo de dança recorreu-se à ajuda de um parceiro na área, o Rancho Folclórico do Refúgio, para orientar na escolha das músicas e danças tradicionais da região e na aquisição do vestuário e calçado próprio. Também beneficiamos de contactos para atuações iniciais como uma das formas de divulgação.

Objectivos:

O projeto pretendeu diversificar a oferta ao cliente, constituindo um rancho folclórico composto por clientes, colaboradores e voluntários, uma atividade que lhes diz muito, pois que a música e a dança são propostas de eleição.  Asseguram ganhos terapêuticos, de desenvolvimento social e afetivo e, neste projeto, de inclusão social através de uma atividade artística, promoveu-se em simultâneo o gosto e valorização das tradições regionais.

Projeto nº 0338/2014 “Um Olhar para a Inclusão”

Adquisição de material fotográfico para a construção de um projeto de inclusão através da fotografia e que permitiu aos clientes:

  • Aprender a fotografar;
  • Sair para o exterior/comunidade/meio envolvente;
  • Ter visões/perspetivas diferentes de ver os objetos/paisagens.

Os clientes tiveram a possibilidade de fotografar em vários locais e contextos diferenciados, permitindo-lhes momentos de concentração e foco no objectivo. Também lhes trouxe um novo modo de “perceber” o mundo que os rodeia e conseguir interpretá-lo de forma muito pessoal.

Esta “maratona” fotográfica culminou na exposição desse trabalho, alargada a toda a comunidade e com convites especiais aos familiares e parceiros da instituição. Também foram “aliciadas” com convites entidades de relevo na comunidade, projetando novos apoios para a continuidade do projeto.

Objectivos:

Realizar um projeto de inclusão através de uma atividade artística – a fotografia. Para isso adquiriu-se equipamento fotográfico para efetivar este projeto, melhorando os serviços prestados ao cliente, pela diversificação das atividades oferecidas.

Projeto nº 0451/2015 “Aventuras e Descobertas”

Aproveitar a época balnear com idas às praias fluviais e piscinas do concelho, de grupos de clientes devidamente acompanhados por colaboradores da instituição.

Objectivos:

  • Dar resposta no âmbito da socialização e inclusão social proporcionando vivências e condições adequadas a uma integração social saudável, valorizando o papel deste jovens na sociedade;
  • Criar oportunidades para aplicar e utilizar todas as potencialidades dos clientes através de experiências novas individuais e em grupo numa comunhão entre a aprendizagem e expressão dos seus interesses;
  • Desenvolver competências pessoais e sociais , promovendo o sentido de responsabilidade.

Projecto nº 0785/2015 “Aventuras sobre rodas”

Aquisição de 10 karts de pedais com circuito insuflável e 6 bicicletas, para oferecer uma atividade diferente aos nossos clientes, promovendo momentos de lazer e diversão e simultaneamente contribuir para vários ganhos inerentes ao manuseamento destes equipamentos, nomeadamente, desenvolvimento psicomotor, coordenação motora, exercício físico, orientação espacial, aquisição de conhecimentos (regras de “condução”), socialização e resistência à frustração (“saber perder”), pois que para além da utilização interna semanal dos Karts, por grupos rotativos de clientes, também serviram para a realização de ações de sensibilização sobre prevenção rodoviária, com a colaboração da GNR do Fundão. As bicicletas destinaram-se a um grupo específico, integrado na atividade motora adaptada.

Objectivos:

  • Promover a realização de ações motoras básicas, desenvolvimento de capacidades físicas gerais tais como a resistência, velocidade, flexibilidade, força e agilidade e também melhorar/manter a condição física na área da atividade motora;
  • Fomentar a atividade física de forma lúdica, o uso dos movimentos expressivos como forma de comunicação e melhorar a coordenação de movimentos; utilizar todas as potencialidades dos clientes;
  • Proporcionar o desenvolvimento das competências pessoais e sociais;
  • Intercâmbio com instituições congéneres da região (distritos de Castelo Branco e Guarda) através da realização de competições/convívios com prémios simbólicos para os vencedores.

Projecto nº 0484/2016 “Mergulhos e Aventuras”

Aproveitar a época balnear com idas às praias fluviais e piscinas do concelho, de grupos de clientes devidamente acompanhados por colaboradores da instituição.

Objectivos: 

  • Promover a inclusão proporcionando vivências para uma integração social saudável, valorizando o papel destes jovens na sociedade;
  • Criar oportunidades para o uso das suas potencialidades através de experiências individuais/grupo tendo em conta a aprendizagem e interesses;
  • Desenvolver competências pessoais e sociais e sentido de responsabilidade.

Projecto nº 0597/2016 “ Encontro dos Músicos Amigos da APPACDM do Fundão”

Implementar a prática de um encontro anual de grupos musicais da região, ficando a iniciativa associada à APPACDM do Fundão, como criadora do evento;

Envolver vários grupos musicais numa comemoração para e com a comunidade, os nossos parceiros, voluntários, colaboradores, clientes e seus familiares.

Objectivos:

  • Promover práticas artísticas para a inclusão, criando oportunidades para o uso das suas potencialidades e tornando-as visíveis para a comunidade;
  • Promover o gosto e valorização das tradições regionais, criando um encontro entre grupos musicais, para troca de experiências/aprendizagens;
  • Estabelecer novas relações inter-grupos e com a comunidade.

Projeto nº 83/2017 “Sol da Beira”

Aproveitar a época balnear com idas às praias fluviais ou piscinas do distrito, de grupos de clientes devidamente acompanhados por colaboradores da instituição.

Objectivos:

  • Promover a inclusão proporcionando vivências para uma integração social saudável, valorizando o papel destes jovens na sociedade;
  • Criar oportunidades para o uso das suas potencialidades através de experiências individuais/grupo tendo em conta a aprendizagem e interesses;

Desenvolver competências pessoais e sociais e sentido de responsabilidade.

Projeto nº 99/2017 “II Encontros dos Músicos Amigos da APPACDM do Fundão”

Atuação de vários grupos de bombos num evento cultural dia 8 de julho para e com a comunidade, os nossos parceiros, voluntários, colaboradores, clientes e seus familiares.

Implementar a prática de um encontro anual de grupos musicais da região, ficando a iniciativa associada à APPACDM do Fundão, como criadora do evento.

Objectivos:

  • Promover práticas artísticas para a inclusão, criando oportunidades para o uso das suas potencialidades e tornando-as visíveis para a comunidade;
  • Promover o gosto e valorização das tradições regionais, criando um encontro entre grupos musicais, para troca de experiências/aprendizagens;
  • Estabelecer novas relações inter-grupos e com a comunidade.

Projeto nº 252/2017 “II Encontros Trimestrais da APPACDM do Fundão”

Participação de várias associações em torneios a realizar nos meses de junho, setembro e novembro na comunidade e envolvendo os nossos parceiros, voluntários, colaboradores, clientes e seus familiares.

Manter a prática de encontros anuais em diferentes modalidades e com participantes de toda a região, ficando a iniciativa associada à APPACDM do Fundão, como organizadora do evento.

Objectivos:

  • Promover práticas desportivas para a inclusão, criando oportunidades para o uso das suas potencialidades e tornando-as visíveis para a comunidade;
  • Promover o gosto e valorização das práticas desportivas para a saúde, mantendo os encontros entre instituições congéneres, para convívio e troca de experiências/aprendizagens;
  • Estabelecer novas relações inter-grupos e com a comunidade.

Projeto nº 253/2018 “Sol do Fundão”

Aproveitar a época balnear com idas às praias fluviais ou piscinas do distrito, de grupos de clientes devidamente acompanhados por colaboradores da instituição.

Objectivos:

  • Promover a inclusão proporcionando vivências para uma integração social saudável, valorizando o papel destes jovens na sociedade;
  • Criar oportunidades para o uso das suas potencialidades através de experiências individuais/grupo tendo em conta a aprendizagem e interesses;
  • Desenvolver competências pessoais e sociais e sentido de responsabilidade.

Projeto nº 318/2018 “III Encontros Trimestrais da APPACDM do Fundão”

Participação de várias associações em torneios a realizar de maio a novembro na comunidade e envolvendo os nossos parceiros, voluntários, colaboradores, clientes e seus familiares.

Introduzir O “Dia do Desafio” baseado num programa de treino de actividades psicomotoras para os clientes que não podem participar nos outros torneios, devido às suas maiores incapacidades.

Manter a prática de encontros anuais em diferentes modalidades e com participantes de toda a região, ficando a iniciativa associada à APPACDM do Fundão, como organizadora do evento.

Objectivos:

  • Promover práticas desportivas para a inclusão, criando oportunidades para o uso das suas potencialidades e tornando-as visíveis para a comunidade;
  • Promover o gosto e valorização das práticas desportivas para a saúde, mantendo os encontros entre instituições congéneres, para convívio e troca de experiências/aprendizagens;
  • Estabelecer novas relações inter-grupos e com a comunidade.

Projeto nº 305/2018 “Click Inovação”

Aquisição de equipamento informático para alargar os serviços prestados, permitindo várias melhorias efetivas: fomentar a utilização lúdica das ferramentas informáticas, a introdução ao uso da internet, desenvolvimento cognitivo/motor através de jogos pedagógicos interativos; utilizar todas as potencialidades dos clientes; proporcionar o desenvolvimento das competências pessoais/sociais.

Objectivos:

Equipar o atelier de informática para o desenvolvimento de competências dos clientes ao nível das tecnologias de informação e comunicação. Os clientes irão beneficiar de sessões orientadas por um elemento da equipa técnica, em horário pré-definido. Serão devidamente monitorizados e avaliados no desempenho das suas tarefas de promoção de competências.

Projeto nº 106/2019 “123 É verão outra vez!”

Aproveitar a época balnear com idas às praias fluviais ou piscinas do distrito, de grupos de clientes devidamente acompanhados por colaboradores da instituição. Pretende-se abranger o máximo de clientes.

Objectivos:

  • Permitir a saída do contexto institucional de clientes cuja grande maioria das famílias não possuem condições sócio-económicas para proporcionarem aos seus filhos/familiares, experiências deste género.
  • Para além de promover o desenvolvimento social e pessoal de cada um, estas vivências permitem o movimentar-se com maior autonomia e maior participação na vida activa do dia-a-dia, num contexto específico.

Projeto nº 313/2019 “Eu sou tu, Tu és luz, Nós somos Yoga”

Equipar a instituição com equipamento de yoga para melhorar os serviços prestados ao nível desta tecnologia. Os clientes irão beneficiar de sessões em horário pré-definido, orientadas por um elemento da equipa técnica com formação específica em “yoga para crianças e adolescentes especiais”, adaptado à nossa população. Os clientes serão devidamente acompanhados e monitorizados para uma intervenção adequada às especificidades individuais de cada um.

Objectivos:

  • O projecto permite o acesso aos clientes, no contexto institucional, de uma tecnologia diferente (Yoga) experiências para a qual a maioria das famílias não possui condições sócio-económicas para proporcionarem aos seus filhos/familiares.
  • Para além de promover o desenvolvimento social e pessoal de cada um, regula as emoções, fomenta hábitos mais saudáveis e traz novos valores aos clientes.

Projecto nº 0115/2020 “Eu gosto é do Verão”

O projecto surge num contexto sócio-cultural e económico com poucas respostas sociais na área da deficiência mental. Consequentemente, as actividades de lazer na época balnear para esta população são as existentes para a população geral, sendo algumas de difícil acesso (por motivos financeiros, de localização, etc.). A instituição permite aos seus clientes aproveitarem da melhor forma os equipamentos existentes, escolhendo previamente alguns no distrito de Castelo Branco.

Objectivos:

  • Promover a inclusão proporcionando vivências para uma integração social saudável, valorizando o papel destes jovens na sociedade;
  • Criar oportunidades para o uso das suas potencialidades através de experiências individuais/grupo tendo em conta a aprendizagem e interesses;
  • Desenvolver competências pessoais e sociais e sentido de responsabilidade;
  • Visibilidade em espaços recreativos/de lazer na comunidade.

Projecto nº 0187/2020 “Cavaleiros Improváveis”

O projecto surge num contexto sócio-cultural e económico com poucas respostas sociais na área da deficiência mental. Consequentemente, as terapias/actividades integrativas para esta população, são escassas e/ou de difícil acesso (por motivos financeiros, de localização, etc.).

Iniciou-se o projecto com um grupo de 7 clientes, escolhidos em conjunto – Equipa Técnica e Treinador de Equitação, e com a autorização dos encarregados de educação. Pretende-se que este grupo evolua de forma a completar as suas necessidades específicas, para se poder avançar com outros participantes.

Objectivos:

O projecto pretende a aquisição de equipamento adequado à actividade para o seu melhor desempenho. Os objectivos da Equitação Terapêutica são psicomotores, mais direccionados para necessidades especificas na área educacional, psicológica, cognitiva, no entanto já estão a ser contemplados progressos no ensino de equitação, pois que os clientes já participam em Torneios.